018.02 – ASSALAMO ALEIKUM – A MELHOR SAUDAÇÃO:

 “Quando fordes saudados cortesmente, respondei com cortesia maior ou, pelo menos, com cortesia igual. Na verdade, Allah leva em conta todas as circunstâncias”. Cur’ane 4.86

Imran Ibn Al Hushain (Radiyalahu an-hu) contou: Um dia apareceu um homem, quando estávamos com o Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) e nos  saudou, dizendo “Assalamo Aleikum – Que a Paz de Allah esteja convosco). O Mensageiro de Allah (Salalahu Aleihi Wassalam) retribuiu a saudação e depois  disse “Dez”. Aquele homem se sentou  e logo apareceu outro e saudou-nos, dizendo: “Assalamo Aleikum Warahmatulah – Que a Paz e a Misericórdia de Allah estejam convosco”. O Profeta retribuiu-lhe a saudação e disse “Vinte”. Depois chegou outro e nos saudou dizendo “Assalamo Aleikum Warahmatulah Wabarakatuhu – Que a Paz, a Misericórdia e as Bênçãos  de Allah estejam convosco”. Satisfeito devolveu-lhe a saudação e depois disse “Trinta”. (Abu  Daud e Thirmizi).

Nota: 10, 20 e 30 hassanats (recompensas de Deus).

Quando entrardes em uma casa, saudai-vos mutuamente, com a saudação bendita e afável, com referência a Deus”. Cur’ane 24:6. Quando entrarmos na nossa casa, devemos saudar com “Assalamo Aleikum Warahmatulah Wabarakatuhu” e depois recitarmos o Surat Iklass e mandarmos bênçãos para o nosso Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) e não nos esquecermos de sorrir para as nossas esposas e para todos os nossos familiares. Mesmo que não esteja ninguém em casa, devemos seguir este conselho. Os anjos (Aleihi Salam) responderão ao cumprimento.

A difusão da saudação é importante, de acordo com o seguinte ensinamento. “O Mensageiro de Allah (Salalahu Aleihin Wassalam) passou por um ajuntamento de pessoas muçulmanas e não muçulmanas e as saudou”. Relato de Ussama (Radiyalahu an-hu) Em Bukhari e Muslim. Homens e mulheres devem ser saudados, para aumentarmos a amizade e a irmandade. “Um dia o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalm) passou perto de nós, que formávamos um grupo de mulheres e nos deu a saudação de paz”. Asmá Bint Yazid (Radiyalahu an-há), em Abu Daoud e Tirmizi.

Ao entrarmos em casa alheia, primeiro devemos pedir autorização para entrar e saudar seus moradores. “Ó Crentes, não entrais em casa alguma além da vossa, a menos que peçais permissão e saudeis os seus moradores.” Cur’ane 24.27

“Assalamo Aleikum”, para além de cumprimentos, é um verdadeiro duah que um crente faz ao outro, porque lhe está a desejar a melhor da paz, a Paz de Allah.

Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41. “Wa ma alaina il lal balá gul mubin”  “E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 3:17. “Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Allah, Senhor do Universo!”. Cur’ane 10.10.

Abdul Rehman Mangá

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s