010.07 – O TRABALHO

010.07 – O TRABALHO

Allah, Subhana Wataãla, refere no sagrado Cur’ane: “E fizémos o dia como um período de subsistência”. Cap,78 vers.11. E também refere: “Trabalhai: Allah e o seu Mensageiro e os crentes verão as vossas obras e vós sereis levados ao Conhecedor do invisível e do visível e Ele vos dirá o que costumáveis fazer.” Cap.9, vers.105.

Toda a nossa actividade está sujeita à supervisão do nosso Criador, pelo que devemos tentar fazer o nosso trabalho com zelo e dedicação, de modo a obtermos a satisfação Dele.

O ser humano necessita de trabalhar para ganhar o seu sustento e da sua família, de modo a serem  auto-suficientes, evitando assim de recorrerem à mendicidade.

Os Profetas, Aleihi Salam (Que a Paz de Allah esteja com eles), trabalharam e  sustentaram as suas famílias. O profeta Zacarias era carpinteiro. O Profeta Daud (David), embora fosse rei, fabricava armaduras de ferro e vendia-as para o seu sustento e da  família. O Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam), foi um exemplo de trabalho árduo. Apascentou carneiros quando era mais novo. Depois dedicou-se ao comércio, percorrendo grandes distância para comercializar e trocar produtos. Para  a sua subsistência trabalhou para não ser dependente. Mesmos os companheiros do Profeta (Radiyalahu an-Huma), eram também trabalhadores exemplares.

O Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) exortou-nos a trabalhar e evitar a mendicidade. Ele referiu; “Ninguém come melhor comida do que aquele que resulta do trabalho das suas mãos.” – Relato de Al-Bukhari.

Também referiu: “Esse que anda sempre a mendigar, encontrará Allah no dia da Ressurreição, no estado em que não haverá carne na sua face.”-Relato de Musslim.

Ali (Radiyalahu an-hu), referiu que o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) disse: “Allah  fica satisfeito quando Ele vê os Seus servos trabalhando e batalhando, na procura do seu sustento lícito”.

 É diferente a situação  daqueles que por motivos justificados, vêm-se obrigados a pedir ajuda. Neste caso, é obrigação de todo o muçulmano ajudar o seu semelhante que se encontra necessitado, não só doando bens materiais, mas também dando conselhos e  palavras amigas.

Segue um hadice para nossa reflexão acerca do tema “empreendedorismo”: Anass (Radiyalahau an-hu) referiu que um ansari  veio ter com o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam), pedindo esmola. O Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) perguntou-lhe se não tinha nada em casa, o que respondeu que tinha um saco do qual com uma parte se veste e estende a outra quando vai deitar-se e um copo que utiliza para beber agua. O Mensageiro (Salalahu Aleihi Wassalam) disse-lhe para trazer ambas as coisas. Depois de os trazer, o Profeta (Salalahu Aleihi wassalam) perguntou aos presentes quem queria comprar os artigos, procedendo a um leilão, do qual obteve dois dirhames. De seguida, o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) entregou os  utensílios e  os dois dirhames ao ansari e disse: “compre comida com um dirhram e alimenta a tua família e com outro dirharam, compra um machado e traga-o para mim.” Depois do ansari ter trazido o machado, o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam), com as suas mãos, colocou um cabo e disse-lhe: Vá, corte lenha e venda. Não te quero ver durante 15 dias.” Depois do homem ter feito o que lhe foi ordenado, veio ter com o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) com dez dirhames, com os quais comprou roupa e comida. O Mensageiro de Deus (Salalahu Aleihi Wassalam) disse-lhe: “Isto é melhor para ti, do que apareceres no dia do julgamento final com a marca na tua face indicando que eras um mendigo.” – Relato de Abu Daud, At-Tirmizi e Na-Nassaei.

Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41. “Wa ma alaina il lal balá gul mubin”  E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 3:17. Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Allah, Senhor do Universo!”. Cur’ane 10.10.

Abdul Rehman Mangá

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s