008.09 – O melhor momento para a prática das boas acções:

008.09 – O melhor momento para a prática das boas acções:

O ser humano tem por hábito adiar tudo para o “amanhã”. Também não foge à regra, no que se refere ao cumprimento da religião. Quantos muçulmanos jovens, que “vendem saúde”,  são praticantes assíduos das 5 orações diárias? Pensamos muitas vezes, quando formos mais velhos e com mais tempo (doentes?), iremos incrementar a nossa prática religiosa. Quantos adiam a Peregrinação (Haje), pensando fazê-la quando estiverem mais “maduros”? Quando Deus nos dá a fortuna e a saúde, preferimos gozar em pleno os prazeres da vida e não nos preocupamos em preparar a nossa vida após a  morte.

A morte não escolhe idades, nem escalões  sociais. Não levaremos nada para a nossa sepultura, senão as acções (boas ou más) aqui praticadas. Todos nós somos portadores do “passaporte do destino”, faltando só o Anjo Israil carimbar o visto de regresso às origens, junto do nosso Criador. Vejamos algumas exortações, no sentido de que tudo deve ser feito muito antes de atingirmos a fase da incapacidade e da pobreza:

Abu Huraira (Radiyalahu an-hu) referiu que um homem perguntou ao Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam): “Ó Mensageiro de Deus, qual a caridade que merece maior recompensa?”. Disse o  Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam): “É quando entregas a tua caridade no gozo de plena saúde, com poucos meios e temendo a pobreza, mas com esperanças de enriquecer. Que não deixes a entrega da caridade para o momento da morte, quando então dirás: “Isto é para fulano, e isto para beltrano”, quando na realidade, tuas posses já foram passadas para os outros!” – Bukhari e Muslim.

Também Abu Huraira (Radiyalahu an-hu), narrou que o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) disse: “Tomai a iniciativa de fazer boas acções, antes que ocorram os sete acontecimentos, e tende cuidado com eles:

1 – Uma pobreza que faz esquecer;

2 – Uma riqueza que causa despotismo;

3 – Uma enfermidade maligna;

4 – Uma velhice senil (delirante);

5 – Uma morte repentina;

6 – O anti Cristo e o impostor, pois terás que contar com a maldade do que está ausente;

7 – e a Hora (do Juízo), pois a Hora será a mais calamitosa e amarga”

Relato de Tirmizi.

“Se virdes um jovem enamorado pela busca de Deus, sabei que isso o faz esquecer tudo o resto”. Issa Aleihi Salam (Jesus que a Paz de Deus esteja com ele), segundo  Abu Hamid Al-Ghazali, na sua obra “Ihya – Ulum al-Din (O Renascer das Ciências da Religião).

Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41. “Wa ma alaina il lal balá gul mubin”  “E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 3:17. “Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Deus, Senhor do Universo!”. Cur’ane 10.10.

Abdul Rehman Mangá

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s