O UMRA – A “PEQUENA PERIGRINAÇÃO”

005.11 – O UMRA  –   A “PEQUENA PERIGRINAÇÃO”

De acordo com um relato de Ibn Maja, o Profeta Muhammad (Salalhu Aleihi Wassalam) referiu que “o Haj foi prescrito  e o Umra é um acto voluntário”. Na interpretação dos Imamos Abu Hanifa e Málik, (Rahmatulahi Aleihi), o Haj é fardh (obrigatório) e o Umra é Sunnat Muakkadah.

Na interpretação do Imamo Cháfei (Rahmatulahi Aleihi), o Umra é igual ao Haj, no que se refere à obrigatoriedade, isto é fardh também, uma vez na vida. Ele baseia-se no versículo do Cur’ane, que refere “E completai o Haj e o Umra exclusivamente para Deus”. E baseia-se também do seguinte hadice, relatado por Al-Baihaque: Abu Razin Al-Ucail foi ter com o Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam), dizendo: “O meu pai está muito velho, não consegue fazer o Haj, nem o Umra e nem está em condições de viajar”. O Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) disse-lhe: “Faça o Haj e o Umra por seu pai”.

O Haj deve ser realizado no mês específico do ano (Dhul Hijja) e o Umra pode ser realizado na maior parte do ano.

Quem não fez o Haj, pode fazer o Umra primeiro se assim o desejar, pois o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam) primeiro fez três Umras e depois é que fez o Haj. No entanto, quando a pessoa for fazer o Haj, na mesma viagem, pode fazer primeiro o Umra e depois o Haj.

Quem tem possibilidades financeiras e reúne condições para ir fazer o Umra e o Haj e não faz, incorre em consequências severas. Nesse sentido, existem muitos hadices do  Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam). Alguns pensam que  ainda não são  suficientemente velhos para isso. Outros têm por hábito efectuar viagens longas para conhecer este mundo belo que Deus nos concedeu, mas não se preocupam de que ainda têm uma obrigação do 5º. Pilar do Isslam  por cumprir. Ninguém sabe o dia de amanhã. Hoje passeamos por cima desta bela terra, mas amanhã, o mais certo, é estarmos a um metro e meio abaixo dela.

Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41. “Wa ma alaina il lal balá gul mubin”  “E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 3:17. “Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Deus, Senhor do Universo!”. Cur’ane 10.10.

Abdul Rehman Mangá

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s