011.06 – PEDIR PERDÃO DOS CASTIGOS DA SEPULTURA

011-06 – Pedir Perdão dos Castigos da Sepultura

Depois de efectuarmos as vossas orações, ao fazermos duá (prece), devemos pedir a Allah, o Beneficente e Misericordioso, que nos perdoe os castigos da sepultura.

Hazrat Osman (Radiyalahu an-hu), referiu que ouviu do Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) dizer: “Eu não passei por nenhum lado que fosse mais doloroso e surpreendente que a sepultura”.

E Hazrat Aicha (Radiyalahu an-há) referiu que o Profeta (Salalahu Aleihi Wassalam), após cada oração, costumava pedir a Allah que o protegesse do castigo da sepultura.

“Allahuma ãfina min kullí baláil duniá waazabil kab-ri wua azábil áhirat – Ó Allah, salve-nos das preocupações deste mundo e dos castigos e tormentos da sepultura e da vida futura”.

Outra prece que poderá ser recitada com muita frequência: “RABBANÁ ÁTINA FI DDUNIA HASSANATAM WUAFIL ÁHIRATI HASSANATAM WUAQUINA ÃZÁBAL NNARI”. Cur’ane 2:201 (Nosso Senhor, conceda-nos o bem neste mundo e na vida futura e salve-nos dos castigos do fogo do inferno).

Devemos utilizar esta prece frequentemente, para que Allah Subhana Wataala com a sua infinita Misericórdia, nos salve dos castigos da sepultura.

Allama Bagawi (Radyiallahu an- hu) narrou que Anas (Radyiallahu an-hu) disse: “Uma vez o Profeta de Allah viu uma pessoa tão magra e fraca como um pássaro recém-nascido saindo do ovo e perguntou-lhe se ele fazia duá (prece) para Allah Tã’ala. O que ele respondeu que fazia a seguinte prece: “Ó Allah; O castigo que Tu me vais dar no Akhirat (vida do além), dá-me nesta vida.” O Profeta (Sallalahu Aleihi Wassalam), espantado, retorquiu: “Subhanallah, tu não tens capacidade para resistir o tal castigo, Continuando, disse-lhe para substituir as palavras  e passar a fazer o  duá acima referido. Ele começou a fazer o duá e ficou curado.

Hazrat Anas (Radyialahu an-hu), dissse que o Profeta Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) usava aquele duá centenas de vezes. Começava e terminava as preces com o mesmo duá.

Este duá é utilizado também durante o tawaaf – (acto ou efeito de circundar a Caaba – Casa de Deus, durante a peregrinação a Maka, no Umra e no Haje).

Porventura é o duá mais utilizada em todo o mundo.

“RABBANÁ ÁTINA FI DDUNIA HASSANATAM WUAFIL ÁHIRATI HASSANATAM WUAQUINA ÃZÁBAL NNARI”. Cur’ane 2:201 (Nosso Senhor, conceda-nos o bem neste mundo e na vida futura e salve-nos dos castigos do fogo do inferno).

“ALLAHUMA AJIRNI MINA NNARI(Ó Allah, salve-me do fogo (do inferno).

“Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41. “Wa ma alaina il lal balá gul mubin”  “E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 3:17. “Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Allah, Senhor do Universo!”. 10.10.

 Abdul Rehman Mangá

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s