RAMADAN, UM HÓSPEDE QUE ESTÁ À PORTA

RAMADAN, UM HÓSPEDE QUE ESTÁ À PORTA

Al hamdu lilahi Rabbil ‘aalamin. Louvado seja Allah, Senhor, Protector e Sustentador dos mundos. Senhor do Dia do Julgamento. Louvado seja Allah que nos concedeu o mês de Ramadan, um mês de bondade e de misericórdia. Agradecemos a Allah, pelo mês do arrependimento e do perdão. Um mês que nos ajuda a deixar os maus hábitos procurando melhorar a nossa fé. Um mês da Revelação do Cur’ane e para aumentarmos a sua recitação. Louvado seja Allah, com a sua infinita Compaixão e Misericórdia, nos ilumina o caminho para a bondade, para a partilha e para a reconciliação. Estas são as graças de Allah Subhanahu Wa Taala. “…Contentai-vos com a Graça e a Misericórdia de Allah…”. Yunus:58.

Quando o Isslam se tornou dominante, os Muçulmanos puderam ser respeitados por seguidores de outras religiões. Havia um adorador de fogo que teve conhecimento de que o seu filho comeu durante o Mês de Ramadan, na presença de muçulmanos. Ele ficou furioso, reprimiu e perguntou ao seu filho: “como pudeste destruir a santidade dos muçulmanos durante o mês de Ramadan?”.

Após a sua morte, um piedoso da sua vizinhança viu num sonho o referido adorador de fogo gozando as delícias do paraíso. Ele ficou surpreendido e lhe perguntou: “Não eras tu um adorador do fogo?”. O homem respondeu: “Sim, eu era. Mas antes da minha morte, Allah Subhanahu Wa Taala me concedeu a felicidade de me reverter ao Isslam, devido ao respeito que eu demonstrei pelo Mês de Ramadan”. Do livro “Pearls from the path”. SubhanaAllah!

Então imaginem as recompensas que um servo de Allah vai receber por fazer o jejum de Ramadan, porque a sua única intenção é de agradar ao seu Senhor e Criador! Allahu Akbar. Tão Misericordioso e Recompensador é Allah, que ficará tão orgulhoso perante os Seus anjos e lhes dirá: “Meus servos deixaram de comer e de beber só para a Minha satisfação”. Os anjos sentiriam uma ponta de inveja se tivessem o livre arbítrio como nós! E para os jejuns facultativos, as recompensas serão também imensas. Lembremo-nos de que Abu Huraira (Radiyalahu an-hu) disse que ouviu de Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam) referir de que nas quintas-feiras (ao anoitecer), as nossas acções são presentes a Allah. Por isso, o Mensageiro de Deus queria estar de jejum às quintas-feiras, quando as acções fossem presentes ao Dono da Soberania.

Quando eu era pequeno, ficava entusiasmado ao ouvir o anúncio da visita de um hóspede ou de um amigo da família. Ficava satisfeito porque sabia que a minha mãe ia preparar iguarias especiais para receber, com dignidade, o nosso hóspede.

Alegremo-nos e nos preparemos física e espiritualmente para recebermos o hóspede que nos vai bater a porta dentro de poucos dias. Seja Bem-Vindo yá Ramadan. Tomara que te possamos dar as boas vindas durante anos e anos, para renovarmos e fortalecermos a nossa fé, de vermos aumentadas as nossas recompensas e de diminuirmos o peso dos nossos pecados. E disse o Mensageiro de Deus ﷺ: O melhor dos pecadores é aquele que se arrepende e pede perdão a Allah”.

E Allah está sempre à espera que o Seu servo se lembre Dele e Lhe peça perdão. Toda a nossa existência é propícia para isso, mas é no mês de Ramadan que o gráfico da fé do filho de Adam (Aleihi Salam) dispara e ele se mostra mais benevolente para com os seus semelhantes. Passará os trinta dias de jejum, aliados às orações nocturnas, com uma alegria imensa, esquecendo a fome, o sono e o cansaço. Passará as noites de vigília à procura da Lailatul Kadr, a noite melhor do que mil meses! Haverá um milagre melhor que este? Por isso, encontrará Allah (ArRahman e ArRahim) mais Recompensador e Perdoador. E como gosta de perdoar o Dono de tudo o que existe neste e noutro mundo!

Rajjab e Shaaban anunciam a chegada do hóspede, do Mês de Ramadan. O mês de Rajjab é o mês de Allah Subhanahu Wa Taala e o mês de Shaaban o de Muhammad (Salalahu Aleihi wassalam), que jejuava praticamente todo o mês. Copiemos este exemplo, façamos alguns dias de jejuns facultativos antes da chegada do mês sagrado. Estaremos mais perto do nosso Criador e o nosso coração se inclinará mais para os mais necessitados e colheremos antecipadamente as benesses do Ramadan. Também são os meses derradeiros para pagarmos eventuais jejuns que fomos deixando, deixando, como é próprio do ser humano.

“Ó Allah, eu busco refúgio em Ti, da aflição do fogo, do castigo do fogo, da aflição da sepultura, dos castigos da sepultura e o mal da aflição da pobreza. Ó Allah, eu busco refúgio em Ti, do mal e da aflição causado pelo Al-Masih ad Dajjal (falso profeta que aparecerá antes de Yawmul Qiyamah – Dia da Ressurreição). Ó meu Deus, lave o meu coração com a água da neve e granizo e limpe o meu coração de todos os pecados, como uma peça de roupa branca é limpa da sujidade e que haja uma distância muito longe entre mim e os meus pecados, como Tu fizestes o Oriente e o Ocidente longe um do outro. Ó Allah, eu refugio-me em Ti da preguiça, dos pecados e das dívidas”. Súplica do Mestre dos mestres, do Profeta iletrado, Muhammad (Salalahu Aleihi Wassalam). Bukhari 75:388.

ALLAHU NURO SAAMÁ WÁTI WAL ARDH. “ALLAH É A LUZ DOS CÉUS E DA TERRA”. Wa ma alaina il lal balá gul mubin” “E não nos cabe mais do que transmitir claramente a mensagem”. Surat Yácin 36:17. “Rabaná ghfirli waliwa lidaiá wa lilmu-minina yau ma yakumul hisab”. “Ó Senhor nosso, no Dia da Prestação de Contas, perdoa-me a mim, aos meus pais e aos crentes”. Cur’ane 14:41.  “Wa Áhiro da wuahum anil hamdulillahi Rabil ãlamine”. E a conclusão das suas preces será: Louvado seja Deus, Senhor do Universo!”. 10.10.

Cumprimentos

Abdul Rehman Mangá

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s